Produtos

Home > Produtos > Como funciona o procedimento?

Acesso a área restrita

Como funciona o procedimento? voltar

O Diagrama 1 mostra o diagrama completo de um circuito de auto-transfusão intra-operatória com as conexões entre os vários elementos:

  • Reservatório para sangue aspirado durante a operação (reservatório de cardiotomia)
  • Reservatório para células vermelhas sangüíneas concentradas (bolsa de reinfusão) com capacidade de 4000 ml
  • Reservatório para fluídos desprezados (bolsa de descarte) com capacidade de 10 litros
  • Recipiente cônico para centrifugação (bowl) com quatro tamanhos diferentes – 55, 125, 175 e 225 ml
  • Linha de aspiração e anticoagulação (aspira o sangue a ser lavado para dentro do reservatório de cardiotomia juntamente com o anticoagulante preparado)
  • Linha de conexão do reservatório de cardiotomia para o circuito de circulação extracorpórea
  • Linha de transferência do sangue do reservatório de cardiotomia para o bowl (linha de entrada)
  • Linha de transferência das células vermelhas sangüíneas concentradas do bowl para a bolsa de reinfusão e desta para o paciente (linha de reinfusão)
  • Linha de transferência da solução de lavagem (solução fisiológica) para o bowl (linha de lavagem)
  • Linha de conexão entre a bomba de vácuo e o reservatório (linha do vácuo)
  • Cassete (adaptador do kit descartável)


Diagrama 1.
Diagrama 1

O procedimento de recuperação intraoperatória realizada pela máquina Electa Concept é efetuado em 4 etapas: coleta (aspiração), preenchimento (prime),  lavagem (wash) e esvaziamento (empty)


COLETA (ASPIRAÇÂO)

    O sangue removido do campo operatório através do aspirador cirúrgico, é misturado com a solução anticoagulante e drenado para dentro do reservatório pelo vácuo aplicado ao próprio reservatório, pronto para a filtragem e armazenamento temporário.

    A filtragem dentro do reservatório separa os fragmentos sugados durante a cirurgia e elimina as pequenas bolhas de ar misturadas ao sangue.

    O ciclo de recuperação pode iniciar quando o sangue coletado no reservatório atinge um nível alto o suficiente para permitir que o bowl seja preenchido, e consiste de três fases separadas identificáveis no aparelho pelos botões de controle PRIME (preenchimento), WASH (lavagem) e EMPTY (esvaziamento).


    PREENCHIMENTO (PRIME)

      Ao atingir o volume programado o procedimento se inicia automaticamente, esta fase chamamos de PRIME, que transfere o sangue do reservatório para o bowl, a centrífuga inicia o funcionamento, seguida pela bomba peristáltica, após um tempo de retardo pré-determinado. A bomba peristáltica funciona em rotação no sentido horário para transferir o conteúdo do reservatório para o bowl, onde será concentrado e fracionado, baseado no peso molecular específico dos vários elementos em relação à força centrífuga aplicada.

      As células sangüíneas vermelhas, que tem o peso molecular mais alto, agrupam-se contra a parede externa do bowl e os outros elementos no interior, na seguinte ordem: células vermelhas, camada leuco-plaquetária (buffy-coat) e sobrenadante. Quando a camada de buffy-coat (que separa as células vermelhas do sobrenadante) atinge a borda curva superior do bowl, o preenchimento estará completo.

      Se a unidade estiver operando no modo automático, neste ponto o sensor da camada de buffy-coat é ativado e automaticamente inicia a fase de lavagem.

      Se a unidade estiver operando no modo semi-automático, o operador precisa interromper a fase em progresso pressionando o botão WASH.


      LAVAGEM (WASH)

        Quando a fase de lavagem é iniciada, a linha de conexão com o reservatório é automaticamente fechada enquanto se permite que a solução de lavagem passe pela linha ligando o recipiente da solução de lavagem ao bowl.

        A bomba peristáltica funciona em sentido horário para transferir o volume ajustado da solução de lavagem para o bowl, removendo os componentes indesejáveis do sangue, que poderiam ser lesivos se re-infundidos, como: fragmentos de células danificadas, hemoglobina plasmática livre, anticoagulantes, soro ativado e enzimas celulares e produto de degradação do fibrinogênio.

        Os elementos refugados removidos durante a lavagem são enviados à bolsa de desprezo de fluídos.

        Quando a fase de lavagem for concluída, o aparelho automaticamente procede a fase de esvaziamento.


        ESVAZIAMENTO (EMPTY)

          Quando o aparelho passa para a fase de esvaziamento, a centrífuga e a bomba param de funcionar. Uma vez que a centrífuga pára, a bomba inicia a rotação no sentido anti-horário, neste momento ocorre um curto retardo, a linha de conexão com a solução de lavagem é fechada e a linha de conexão com a bolsa de reinfusão é aberta. Este retardo permite a transferência da solução fisiológica ainda presente nas linhas conectadas às bolsas correspondentes, afim de evitar diluição excessiva na bolsa de reinfusão.

          A transferência dos conteúdos do bowl para a bolsa continua até que o ar seja expelido, acionando o sensor de bolhas e parando a bomba.

          Ao final do ciclo, a bolsa contém uma suspensão de células sangüíneas vermelhas em solução estéril concentrada a um hematócrito variando entre 0,5 e 0,7 dependendo dos parâmetros utilizados durante o procedimento.