Produtos

Home > Produtos > Cefaleias e Enxaqueca

Acesso a área restrita

Cefaleias e Enxaqueca voltar

Cefaleia e Enxaqueca

A dor de cabeça intensa, cientificamente denominada Cefaleia, é definida como a presença de sensação dolorosa na cabeça, no pescoço ou na face.

A Cefaleia é um sintoma comum na população, com prevalência ao longo da vida superior a 90%, segundo a Sociedade Brasileira de Cefaleia. As dores de cabeça são frequentemente hereditárias e mais comuns em mulheres.

Existem mais de 150 tipos diferentes de cefaleias, que podem ser divididas entre primárias, mais comuns, e secundárias.

São consideradas cefaleias primárias aquelas causadas por distúrbios bioquímicos do próprio cérebro, que desencadeiam a dor. A mais conhecida é a enxaqueca, outros exemplos são as cefaleias do tipo tensional e a cefaleia em salvas.

Já as cefaleias secundárias são causadas por problemas em quaisquer regiões do corpo, como tumores cerebrais, traumas e lesões, meningites, aneurismas, problemas dos olhos, ouvidos, garganta e até um simples resfriado.

Enxaqueca ou Migrânea

A Enxaqueca, a mais conhecida das cefaleias que atinge entre 12% a 15% da população, caracteriza-se como uma doença multifatorial que soma fatores genéticos, ambientais (cigarro, poluição, variação climática, odores de perfumes e produtos químicos), hormonais, comportamentais (alto grau de exigência, oscilação do humor, irritabilidade, ansiedade, depressão) e qualidade do sono (dormir muito ou dormir pouco). 

Normalmente descrita como uma dor pulsátil em um dos lados da cabeça, a enxaqueca, pode ser acompanhada de náuseas, vômitos, sensibilidade á luz e ao som. Muitas vezes os sintomas são capazes de incapacitar o paciente das atividades cotidianas.

Os tratamentos são basicamente através de medicamentos, como analgésicos, anti-inflamatórios, entre outros. O uso excessivo de medicamentos pode desencadear problemas secundários, como digestivos e circulatórios ou até um outro tipo de cefaleia, a cefaleia por uso excessivo de medicação (cefaleia transformada).

A neuroestimulação transcutânea é uma nova terapia para tratamento e prevenção das enxaquecas. Segura e sem efeitos colaterais, já é utilizada em diversos países da Europa, Canadá e Estados Unidos.

www.cefaly.com.br