Produtos

Home > Produtos > A Cirurgia

Acesso a área restrita

A Cirurgia voltar

É uma cirurgia simples que pode ser realizada com anestesia local. Não compromete o órgão da audição. Após a cirurgia as atividades do dia a dia podem ser retomadas.

No procedimento cirúrgico é colocado um pequeno Implante de Titânio de aproximadamente 3 à 4mm no osso atrás da orelha. A escolha do lado para o implante no caso de uma perda de audição condutiva ou mista irá depender do lado que possuir a melhor condução óssea. No caso da condução óssea ser igual nas duas orelhas muitas pessoas também podem se beneficiar com o ajuste bilateral. Para aqueles com a Surdez Unilateral, o implante sempre será colocado no lado surdo. O estilo de vida da pessoa e as condições de trabalho também serão levados em consideração na escolha do lado.  

        
Implante de Titânio, Abutment e Processador   Pilar de conexão sem o processador Processador acoplado ao pilar

Uma vez que o implante estiver no lugar, será ligado ao Abutment, que é um pilar de conexão que irá transferir as vibrações sonoras do Processador de som até o implante. 

No caso das crianças, é recomendado que o procedimento seja realizado em dois estágios. O primeiro estágio será o ajuste do implante no osso e, no segundo estágio, após o período de osseointegração de aproximadamente 6 meses (um pouco maior do que para os adultos), o pilar de fixação será acoplado ao implante.

O local da cirurgia deverá ser limpo e ter seu curativo trocado regularmente. O curativo inicial serve para fazer pressão na área em questão e será removido no dia após a cirurgia. Após 10-14 dias, o curativo e os pontos serão removidos.

Assim que os curativos forem removidos e o pilar estiver exposto, a pele ao redor do suporte deve ser mantida limpa. Isso pode ser feito facilmente durante o banho com uma escova macia (fornecida junto com o sistema Baha). O folheto do Baha informando os cuidados a serem tomados após a cirurgia estará disponível com o seu Fonoaudiólogo.

Relato dos pais de Greg: “Antes de ter o Baha, o Greg não podia ouvir a sua própria voz e a sua forma de falar. Desde que ele o adquiriu, ele“testa” continuamente sua própria voz em casa, experimentando sons diferentes e cantando constantemente! Como resultado, sua fala melhorou imensamente.”

Greg tem uma perda de audição unilateral severa relacionada com otite crônica média e utiliza o Baha Cordelle II.